top of page

Em livro, Gabriel Priolli revisita cinco décadas de jornalismo


Painel da história do veículo no País faz paralelo com o firmamento para falar dos astros da tela, como Silvio Santos e Janete Clair.



Com larga experiência em jornalismo, depois de passagens por veículos importantes como Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Gazeta Mercantil e Veja, além das TVs Globo, Bandeirantes e Cultura, fora a carreira de professor universitário e escritor, Gabriel Priolli faz agora uma rememoração de mais de cinco decadas de carreira, ao mesmo tempo em que focaliza passagens destacadas do trabalho de figuras importantes da nossa TV.


No livro Astros em Trânsito: Momentos na Trajetória de 35 Celebridades da Televisão Brasileira, publicação da Editora Terra Redonda já disponível em pré-venda, Priolli faz uma espirituosa e inteligente analogia da posição dos astros no firmamento com as visadas carreiras de estrelas da telinha, algumas delas hoje encaradas de forma controversa.


De Silvio Santos a Regina Duarte, de Janete Clair a Glória Perez, de Dias Gomes a Chico Anysio, além de Rolando Boldrin, Idalina de Oliveira (ela mesma, a garota-propaganda dos primórdios da TV brasileira, depois apresentadora de sucesso), Dercy Gonçalves, Cid Moreira, Chacrinha e Walter Clark – do qual escreveu a biografia que este que vos escreve igualmente recomenda com força, O Campeão de Audiência -, entre outros, Gabriel Priolli nos apresenta neste seu novo livro um painel de mais de 70 anos de televisão no Brasil.


O apanhado consiste em 35 trabalhos publicados por Priolli nesses muitos veículos da imprensa escrita pelos quais passou, acrescidos de um comentário que os situa nos dias de hoje e divididos em seções que simbolizam o movimento astral ao qual aludem os artistas reunidos em cada uma delas.


Como em todo painel, e mais ainda de um veículo tão importante, de história tão vasta, evidentemente faltam nomes entre os contemplados. No entanto, também como em todo painel, um ponto de interesse a mais está justamente nessa seleção.


Mesmo restrita, ela oferece ao estudante, ao pesquisador e ao “simples” espectador da “máquina de fazer doido”, no dizer de Sérgio Porto/Stanislaw Ponte Preta, um panorama de nomes importantes que contribuíram/contribuem para a relevância da televisão brasileira, bem como para sua qualidade, seu sucesso e a posição conquistada pelas emissoras nas quais trabalharam.


Recomendo a todos a leitura de Astros em Trânsito: Momentos na Trajetória de 35 Celebridades da Televisão Brasileira, assim como de outros trabalhos de Gabriel Priolli, que também nos livros dedica-se há vários anos ao registro dos movimentos do xadrez da nossa TV e ao incentivo ao pensamento crítico sobre o veículo e seus atores.


O lançamento do livro será no dia 18 de setembro, quando celebramos mais um aniversário da TV brasileira, no restaurante Canto Madalena, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, do meio-dia às 17h. No cardápio, filé à Chateaubriand (boa sacada).


As informações e opiniões expressas nesta crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.





12 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page